Ouça agora na Rádio

N Notícia

Vitor Silva / Botafogo

FOTO: Vitor Silva / Botafogo

São Paulo busca empate com o Botafogo, mas perde liderança do Brasileiro

Tricolor fica no 2 a 2 no Engenhão, e Palmeiras fecha rodada no topo

Informações compartilhadas Superesportes
 
O São Paulo não conseguiu manter a liderança do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. Precisando da vitória, o time dirigido por Diego Aguirre saiu atrás em um primeiro tempo de fraca atuação defensiva, reagiu na etapa final, mas não passou de um empate por 2 a 2 com o Botafogo, no Estádio do Engenhão.
 
Com o resultado, o Tricolor chegou aos 52 pontos e caiu para a terceira posição, sendo ultrapassado por Palmeiras (53) e Internacional (53), que derrotaram Cruzeiro e Vitória em seus respectivos compromissos – o time alviverde lidera em função do saldo de gols. Já o Botafogo manteve-se no 12º lugar, com 33 pontos, cinco acima da zona de rebaixamento.
 
Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo terá a chance de voltar ao topo da tabela no confronto direto com o Palmeiras, previsto para o próximo sábado (6), às 18 horas (de Brasília), no Morumbi. Também com um clássico pela frente, o Botafogo receberá o Vasco na terça-feira (9), às 21 horas, novamente no Engenhão.
 
O jogo
 
O primeiro tempo começou elétrico. Logo aos quatro minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Rodrigo Lindoso desviou na primeira trave, e Jean completou para o gol, abrindo o placar para o Botafogo. O time da casa, no entanto, teve pouco tempo para comemorar.
 
O São Paulo precisou de apenas três minutos para reagir e chegar ao empate. Após Nenê arriscar chute de longe, a bola desviou duas vezes na zaga botafoguense e caiu no pé esquerdo de Diego Souza, que girou dentro da área e bateu rasteiro, sem chances para Saulo.
 
Quando a equipe paulista dava mostras de que passaria a controlar o jogo, o Botafogo retomou a frente no marcador. Aos 24 minutos, após lançamento na área do São Paulo, Kieza ganhou de Anderson Martins, tabelou com Erik e tocou na saída de Sidão. O Tricolor rondou a área carioca antes do intervalo, mas não conseguiu anotar o gol de empate.
 
Sem substituições, o São Paulo voltou apático para a etapa complementar. Tanto que o Botafogo começou melhor, trocando passes no campo de ataque. Aos seis minutos, Igor Rabello quase ampliou de cabeça. Diego Aguirre, então, promoveu a entrada de Gonzalo Carneiro no lugar de Edimar, recuando Reinaldo para a lateral esquerda.
 
A alteração funcionou, e o atacante uruguaio empatou aos 16 minutos, aproveitando rebote mal dado por Saulo em cobrança de falta fechada de Reinaldo pela direita. Foi o primeiro gol dele com a camisa tricolor. Já com Liziero na vaga do cansado Bruno Peres, Rojas exigiu grande defesa de Saulo em chute de fora da área.
 
Aos 33 minutos, Carneiro recebeu na esquerda e bateu cruzado, tirando tinta da trave rival. Aguirre ainda tirou Nenê para colocar Rodrigo Caio. No último lance, aos 48 minutos, o São Paulo teve a bola do jogo, mas Saulo defendeu dois chutes à queima-roupa de Rojas e Diego Souza, mantendo o empate no Rio de Janeiro.
 
BOTAFOGO 2 X 2 SÃO PAULO
 
BOTAFOGO
Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Matheus Fernandes), Rodrigo Lindoso e Gustavo Bochecha; Erik (Rodrigo Pimpão), Kieza (Brenner) e Luiz Fernando
Técnico: Zé Ricardo
 
SÃO PAULO
Sidão; Bruno Peres (Liziero), Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Carneiro); Jucilei, Hudson e Nenê (Rodrigo Caio); Joao Rojas, Diego Souza e Reinaldo
Técnico: Diego Aguirre
 
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data: 30 de setembro de 2018, domingo
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público: 18.403 pagantes e 19.976 presentes
Renda: R$ 285.760,00
Cartão Amarelo: Gustavo Bochecha (Botafogo); Anderson Martins e Liziero (São Paulo)
GOLS: Jean, aos 4, Diego Souza, 7, e Kieza, aos 24min do 1ºT; Gonzalo Carneiro, aos 16min do 2ºT
FONTE: Super Esportes / Gazeta Press
Link Notícia

Leia também