Ouça agora na Rádio

N Notícia

CC0

FOTO: CC0

Arqueologistas fazem descoberta extraordinária no delta do Nilo

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

Uma expedição arqueológica egípcia-francesa descobriu os restos de um assentamento neolítico no delta do Nilo, informou com o Ministério de Antiguidades do Egito.

A descoberta foi feita em Tell el-Samara, na província de Dakahlia. Arqueólogos desenterraram os restos de edifícios e silos contendo vestígios de plantas e animais, bem como ferramentas de pedra e cerâmicas usadas pelos habitantes da Idade da Pedra da aldeia.

"A importância desta descoberta é que os assentamentos da era neolítica nunca foram descobertos antes nesta área… A descoberta permite que os arqueólogos estudem as sociedades pré-históricas que viviam no delta do Nilo antes do governo da Primeira Dinastia do Egito", afirmou o chefe de antigos artefatos egípcios no ministério, Aiman Ashmawy, em um comunicado.

Nadia Khedr, chefe de antiguidades egípcias, gregas e romanas do Mar Mediterrâneo no ministério, disse que os cientistas vão estudar o material orgânico encontrado no local para obter uma visão mais profunda do surgimento da agricultura e da pecuária no Egito pré-histórico.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia

Leia também