Ouça agora na Rádio

N Notícia

Gilvan de Souza/Flamengo/fotospublicas.com

FOTO: Gilvan de Souza/Flamengo/fotospublicas.com

Flamengo vence com casa cheia e garante liderança na pausa para Copa

Rubro-negro bate Paraná com quase 60 mil pessoas no Maracanã

Informações compartilhadas Superesportes
 
O Flamengo fez o dever de casa contra o retrancado Paraná na noite deste domingo, e venceu por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. Diante de um grande público no Maracanã, na partida que deve ser a despedida da torcida para Vinícius Jr. e Felipe Vizeu, negociados com o Real Madrid e Udinese, respectivamente, o time carioca saiu na frente com um gol de Diego, no primeiro tempo, enquanto Vizeu fechou o placar na etapa final. 
 
Com o resultado, o Flamengo fechou a 11ª rodada do Brasileiro com 26 pontos, seis de vantagem na liderança da competição. Com apenas mais uma rodada antes da parada para a Copa do Mundo, o Rubro-Negro já garantiu a primeira colocação. Já o Paraná permaneceu em 19º lugar com 9 pontos, só à frente do lanterna Ceará.
 
Na próxima rodada, o Flamengo tem uma partida difícil pela frente diante do Palmeiras, na quarta-feira, em São Paulo. No mesmo dia, o Paraná recebe o Cruzeiro no Durval de Britto, em Curitiba.
 
O jogo
 
A partida no Maracanã entre o líder do Campeonato e vice-lanterna seguiu um script já esperado. A equipe do Paraná, treinada por Rogério Micale, armou uma verdadeira retranca, e manteve os seus onze jogadores atrás da linha da bola. Explorando a velocidade de seus atacantes, especialmente de Léo Itaperuna, os paranaenses buscavam um erro da defesa Rubro-Negra para marcar.
 
Com essa postura, o Flamengo encontrou muitas dificuldades de penetrar na defesa adversária. A equipe de Maurício Barbieri controlou inteiramente as ações do jogo, dominou a posse de bola, mas não conseguiu construir muitas oportunidades claras de gol.
 
O Paraná arriscou um chute de longe aos cinco minutos, mas Silvinho mandou longe da meta defendida por Diego Alves.
 
A primeira boa trama do Fla foi aos 15 minutos. Vinícius Jr. tocou para Everton Ribeiro próximo da área, e o meia enfiou na esquerda para Renê. O lateral avançou e levantou na área. Diego subiu sozinho e cabeceou rente ao pé da trave direita.
 
Três minutos depois, Diego sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou por cobertura, e a bola desviou na barreira e enganou o goleiro Thiago Rodrigues: 1 a 0.
 
Mesmo em desvantagem, o Paraná Clube não alterou em nada sua postura em campo, e o panorama da partida seguiu o mesmo.
 
Aos 27, Renê recebeu lançamento em profundidade de Cuellar e levantou na área. Dourado dominou, fez o giro e chutou, mas a bola subiu muito e saiu longe do gol do Paraná.
 
O Paraná tentou responder aos 29. Caio Henrique cruzou e Itaperuna acertou de cabeça, mas Diego Alves fez a defesa. Aos 34, foi a vez de Carlos arriscar chute de longe e mandar pela linha de fundo.
 
No intervalo, Rogério Micale tirou o volante Jhonny Lucas para a entrada do meia-atacante Carlos Edurado, que já atuou pelo Flamengo. A postura do seu time em campo, entretanto, não mudou muito. Aos 14, Caio Henrique foi derrubado na entrada da área, e Torito cobrou a falta. A bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo.
 
Aos 17, Barbieri fez duas substituições, tirando Jean Lucas e Henrique Dourado, para as entradas de William Arão e Felipe Vizeu. Três minutos depois, saiu o segundo. Everton Ribeiro enfiou para Arão na direita da área, o volante cruzou rasteiro e Vizeu entrou pelo meio dos zagueiros e tocou para o gol vazio.
 
O segundo gol matou o Paraná. O Flamengo recuou e passou a explorar os contra-ataques em velocidade e chegou perto do terceiro. Aos 22, Vinicius Jr. roubou a bola na lateral esquerda e tocou para Vizeu. Os dois partiram em velocidade e Vizeu devolveu na chegada da área. Vini penetrou sozinho e perdeu um gol incrível ao tocar mal na saída do goleiro.
 
O Paraná chegou perto aos 31. Júnior avançou pela direita e cruzou rasteiro. Léo Itaperuna, da altura da marca do pênalti, furou ao tentar a conclusão.
 
Vinìcius Jr. teve mais uma chance de marcar aos 36. Depois de receber de Arão, ele dominou e chutou em cima do goleiro Thiago Rodrigues, que voltou a ter trabalho aos 44. Vini dominou na esquerda e enfia para a Entrada de Everton Ribeiro. O meia bate de primeira e o goleiro do Paraná salvou o terceiro gol.
 
FLAMENGO 2 X 0 PARANÁ
 
FLAMENGO
Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Thuler e Renê; Gustavo Cuéllar, Jean Lucas (Willian Arão), Everton Ribeiro, Diego (Marlos Moreno) e Vinicius Júnior; Henrique Dourado (Felipe Vizeu)
Técnico: Maurício Barbieri
 
PARANÁ
 
Thiago Rodrigues, Junior, Jesiel (Neris), Rayan e Igor; Torito González, Jhonny Lucas (Carlos Eduardo) e Caio Henrique; Carlos, Léo Itaperuna e Silvinho (Thiago Santos)
Técnico: Rogério Micale
 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de junho de 2018 (Domingo)
Renda: R$ 1.745.965,00
Público: 59.488 presentes (54.526 pagantes)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões Amarelos: Jean Lucas, Felipe Vizeu (Fla)
GOLS: Diego, aos 20min do 1ºT; Felipe Vizeu, aos 20min do 2ºT
 
FONTE: Super Esportes / Gazeta Press
Link Notícia